News

O Ministro dos Recursos Minerais e Energia, Ernesto Max Tonela, assina hoje em Maputo com as companhias Eni Mozambico, S.p.A., Sasol Petroleum Mozambique Exploration Ltd. e a Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, E.P. o Contrato de Concessão para Pesquisa e Produção de Petróleo para a Área A5-A, localizada no offshore. Na mesma ocasião, será também assinado o Contrato de Concessão para Pesquisa e Produção de Petróleo para a Área PT5-C, localizado no onshore com a empresa Sasol Petroleum Mozambique Exploration Ltd., e a Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, E.P.

Trata-se de áreas colocadas à disposição das companhias no 5º Concurso de Concessão de Áreas para Pesquisa e Produção de Petróleo, tendo o consórcio liderado pela Eni sido adjudicada a área A5-A e a Sasol Petroleum Mozambique Exploration Ltd a área PT5-C.

G.A.| Para informações adicionais, por favor contacte o Gabinete de Comunicação através do endereço electrónico comunicacao@inp.gov.mz ou Rua dos Desportistas n.º 259-E, Maputo – Moçambique  I   Tel: +258 21 32 09 35   I   Cel: +258 82 308 15 70   I info@inp.gov.mz

Realizou-se no passado dia 10 de Agosto de 2018, o I Seminário de Oportunidades Locais na cidade de Pemba, Província de Cabo Delgado.

Organizado pelo Ministério dos Recursos Minerais e Energia e a Anadarko Moçambique Área 1 “Anadarko”, que com os seus parceiros irá implementar o projecto de Gás Natural Liquefeito (GNL), a partir do gás natural extraído nos campos Golfinho e Atum da Área 1 da Bacia do Rovuma, o seminário foi dirigido pelo Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi.

Read more

A Delonex, companhia declarada vencedora da Área P5-A no Bloco de Palmeiras, no 5º Concurso de Concessão de Áreas para Pesquisa e Produção de Petróleo, informou a sua intenção de abandonar as discussões para a assinatura dum Contrato de Concessão para Pesquisa e Produção para a área P5-A. Note-se, que as discussões vêm decorrendo desde finais de 2016, após a aprovação do Contrato Modelo de Pesquisa e Produção de Petróleo, que serviu de base para o início do processo negocial com todas as companhias vencedoras do 5º Concurso, incluindo a Delonex.

Read more

O Instituto Nacional de Petróleo participa na 6ª Conferência e Exposição de Minas, Petróleo e Gás e Energia, evento que decorre desde hoje em Maputo, no Centro Internacional de Conferências Joaquim Chissano.

Com efeito, o Vice Ministro dos Recursos Minerais e Energia, Engº Augusto de Sousa Fernando procedeu a abertura oficial do evento e, no seu discurso, referiu ser importante que os principais actores de minas, gás natural e energia se encontrem com a finalidade de interagir e coordenar as respectivas agendas em prol do desenvolvimento do nosso país.

Read more

No dia 06 de Fevereiro de 2018, o Governo de Moçambique aprovou o Plano de Desenvolvimento da Área 1 Offshore da Bacia do Rovuma.

 O Plano de Desenvolvimento do Campo Golfinho/Atum apresentado pela Anadarko Moçambique Área 1 e parceiros, tem em vista a instalação de uma fábrica com dois módulos de liquefação de gás natural em terra, em Afungi, Distrito de Palma, Província de Cabo Delgado, com capacidade de produção de 5.99 milhões de toneladas por ano (cinco ponto noventa e nove MTPA) por cada módulo, durante os 25 anos de vida útil do mesmo. O Projecto de Gás Natural Liquefeito (GNL) denominado Projecto Golfinho-Atum terá um investimento de mais de 30,5 mil milhões de dólares norte americanos.

Read more

A Statoil Holding Netherlands B.V (Statoil) informou ao INP, por via de carta, a sua intenção de abandonar as negociações do Contrato de Pesquisa em resultado do 5º Concurso de Concessão de Áreas para Pesquisa e Produção que vem decorrendo desde 2016, após a aprovação do Contrato Modelo. A Statoil e os seus parceiros Eni e Sasol foram declarados vencedores para a Área de Concessão A5-A. Estas negociações tinham em vista acordar os termos e condições para o referido contrato a ser assinado entre o Governo de Moçambique e as companhias petrolíferas vencedoras do 5º Concurso.

Read more